Humilde Serva
Padre Zezinho

Humilde serva sem ilusão
Não esperavas Maria
Tornar-te a mãe do Messias
Tinhas mil sonhos no coração
E sobre a fé no Messias
Tu certamente sabias

E oravas pelo teu povo
Por sua libertação
E acompanhavas teu povo
Na dor e na humilhação