Frutos Do Amor
Renato Russo

Ainda que falasse línguas
Dos homens dos anjos do céu
Sem amor eu apenas seria
Um bronze que soa ao léu

Se o dom de fazer profecias
E o saber dos mistérios são bons
Sem amor não sou
Nada mais que um som

Toda a fé que move montanhas
É inútil se o coração
Estiver tão longe das obras
A que o amor faz menção

Se jogasse meu corpo às chamas
E os bens a quem nada possui
Sem amar o irmão
Tudo é em vão

O mundo tem fome dos frutos
De um amor verdadeiro e fiel
Paciente, humilde e sincero: o amor de Deus
Que não ostenta nem incha de orgulho
Não se irrita nem guarda rancor

É perdão, tudo crê
Tudo espera, suporta
E pelo que faz
Não quer nada em troca

Se alegra em ver
A justiça vencer
E vai triunfar
Jamais passará