O Grande Inverno da Rússia
Renato Russo

O inverno vai chegar,
Num sonho permita
Nas cidades que partiram
Não me importa se eu chorar
Ou ainda alcançar
Coisas no inverno que está perdido

E verei afinal, o meu corpo cantar
Coisas que nem sonhei, quem me dera sonhar...

E vivo o tempo
Perto de por
Usando o medo
E enfrentando sua cor

Voando as ruas,
Entrando no chão
Falando do povo
Criando ilusão

E verei afinal o meu corpo cantar
Coisas que nem sonhei, quem me dera sonhar...