Desenhos na Parede
Roberto Carlos

Ela se fechava
No seu quarto de dormir
Como uma flor
Se guardando para o sol

E dos seus sonhos
Acordava no meio da noite
E cada sombra na parede desenhava alguém
Que chegaria com as primeiras luzes da manhã, sempre a manhã

E cada sombra na parede desenhava alguém
Que chegaria com as primeiras luzes da manhã
E cada sombra na parede desenhava alguém
Que chegaria com as primeiras luzes da manhã

E dos seus sonhos
Acordava no meio da noite
E cada sombra na parede desenhava alguém
Que chegaria com as primeiras luzes da manhã, sempre a manhã

E cada sombra na parede desenhava alguém
Que chegaria com as primeiras luzes da manhã
E cada sombra na parede desenhava alguém
Que chegaria com as primeiras luzes da manhã

Quando a luz do sol lentamente aparecer
Só ira mostrar cada coisa em seu lugar