Loucure-Se
Scalene

Quem vive sem loucura
Não sabe o que é
Ter o real
Livre arbítrio em si
Todos nós nascemos loucos, pura emoção
Só os fortes permanecem longe da razão

Não siga a luz
Não se ela for o seu conforto
Quer atingir
Tudo o que deseja ser
Corteje assim
A insanidade em você
Apague as luzes, jogue fora as definições
Diga agora tudo o que vê na escuridão

Não siga a luz
Não se ela for o seu conforto
Não sou eu
São vocês que não veem
O poder ao nosso alcance, veja
Liberdade
Talvez seja a melhor saída
Pois inocente é aquele que é normal