Graça Salvadora
Shirley Carvalhaes

Ele nasceu para que eu não morresse,
Ele morreu para que eu vivesse,
Tudo me deu como prova de seu amor,
Fez-se um réu pra de tornar meu defensor.

Pra que eu sorrisse, ele chorou;
Sem que eu amasse, ele me amou,
Pra que eu cantasse, ele sofreu,
Pra que eu vivesse, ele morreu;
Tudo ele fez em meu lugar,
E hoje eu posso me alegrar,
Pois para um grande pecador
Um grande salvador.

Na cruz morrendo
Rasgou-se o véu
Tenho entrada franca no céu,
Ele garante a salvação
Pois nele tenho todo perdão
Oh! aleluia posso cantar
Por esta graça me alcançar
E eu exclamo como penhor
Te agradeço senhor.