Tá Na Cara
Simone e Simaria

Quase que eu acabo com a minha vida
Tentendo te fazer enxergar
Tentei te entregar meu coração
E você não quiz, não quiz aceitar

Meio descontrolado com a desilusão
No peito ainda embargado com a decepção
Tentei do nada esbolçar alguma reação
Eu me fingi de forte me vesti de aço
Mais o peito um cristal em milhões de estilhaços
Só pra fazer você não ver, o quanto eu sofro por você.

Tá na cara, o quanto eu te quero, tá na cara
O quanto te desejo, tá na cara
Tá no brilho desse meu olhar, vou te amar

Tá na cara, o quanto eu te amo, tá na cara
No peito,o coração logo dispara
Quase para ao ver você passar, por te amar.