Bebo pra cachorro
Solteirões do Forró

Eu não sabia que ela me traía
Que me trocava pelo Ricardão
Que liberava pra ele passar
aonde eu também passava a mão
Garçom venha e sirva a minha mesa
por gentilesa não deixe faltar meu mel
porque eu bebo pra esquecer
eu bebo pra esquecer
eu bebo pra esquecer
pra esquecer essa mulher

Bebo, bebo bebo bebo, bebo pra cachorro
dizem que eu vou morrer de tanto beber
mas eu não morro
Bebo, bebo bebo bebo, bebo pra cachorro
dizem que eu vou morrer de tanto beber
mas eu não morro

Eu não sabia que ela me traía
Que me trocava pelo Ricardão
Que liberava pra ele passar
aonde eu também passava a mão
Garçom venha e sirva a minha mesa
por gentilesa não deixe faltar meu mel
porque eu bebo pra esquecer
eu bebo pra esquecer
eu bebo pra esquecer
pra esquecer essa mulher

Bebo, bebo bebo bebo, bebo pra cachorro
dizem que eu vou morrer de tanto beber
mas eu não morro
Bebo, bebo bebo bebo, bebo pra cachorro
dizem que eu vou morrer de tanto beber
mas eu não morro
dizem que eu vou morrer de tanto beber
mas eu não morro
Bebo, bebo bebo bebo, bebo pra cachorro
dizem que eu vou morrer de tanto beber
mas eu não morro
dizem que eu vou morrer de tanto beber
mas eu não morro
Bebo, bebo bebo bebo, bebo pra cachorro
dizem que eu vou morrer de tanto beber
mas eu não morro