Covarda
Solteirões do Forró

Eu matei tua fome
Saciei tua sede
Dormi no sofá pra ti dá minha rede
E agora naum lembra mais

Esqueço de mim pra lembrar de você
Durei sua dôr
Fiz teu nome crescer
E agora não lembra mais

Abri minha porta pra você entrar
Me fiz de boneco pra você bincar
E agora não lembra mais

Eu quase não vivo pra você viver
Briguei com os amigos pra lhe defender
E agora não lembra mais

Não lembra mais não sei porque
Bebeu, fomou, bebeu comigo
Noite a dentro noite a fora
Caí na farra contigo

E agora só sei de longe o auê que você faz

Bebe, fuma, foge e diz que de mim não lembra mais - BIS

Covarda
É uma covarda
Covarda eu digo nada pra você
Ela é uma covarda
Você é uma covarda
Covarda mais eu ei de te esquecer

É uma covarda
É uma covarda
Covarda eu digo nada pra você
Covarda
É uma covarda
Covarda...