Não e Papel de Homem
Solteirões do Forró

Faz tanto tempo que você não aparece
Nem um telefonema, assim, me enlouquece
Nunca pensei que, um dia, fosse escrava da paixão
Porque meu coração
Só pensa em você
Dia e noite

Será depois de tudo que a gente viveu
Não vai querer voltar, nem me telefonar
Ao menos pra falar o que aconteceu ( 2 x )

Quer mesmo me deixar, jogar pro ar
Todo aquele amor que eu te dei
Preste atenção, seu coração
Um dia, vai pagar o mal que me fez

Não é papel de homem, não é papel de homem
O que faz comigo