A Empregada
Teodoro e Sampaio

A minha casa tava um tanto abandonada,
Precisando de empregada,
Pus anuncio no jornal
Fiz direitinho coloquei as exigências,
Tem que ter boa aparência tem que ser especial,
Apareceu uma morena faceira,
Um pouco de feiticeira,
Um tremendo avião,
E foi mostrando todas suas qualidades,
Arrumou a casa toda e bagunçou meu coração

(Refrão 2x)
Assim não dá assim não pode,
Meu casamento desse jeito vai dá bode,
Assim não dá não vai dá não,
Essa empregada ainda mata o patrão

Essa morena tem tanta disposição,
É no tanque ou fogão,
É mesmo competente,
E sobe escada desce escada rapidinho,
Faz comida com carinho e põe na boca da gente,
Levando em conta competência e destreza,
Com seu charme e beleza,
Ela e mesmo um perigo,
E lava, passa, limpa casa e corta a grama,
E depois que arruma a cama,
Ainda quer dormir comigo,