Amor, Amasso e Paixão
Teodoro e Sampaio

Eu vou dar um trocado pra esse sanfoneiro
Pra ver se ele toca um arrasta pé
Hoje eu tô facinho, hoje tô maneiro
Mal intencionado, tomo o que vier

Tomo rabo-de-galo até a caipirinha
Essa mulher é minha e ninguém põe a mão
Pra misturar a bebida pra fazer zueira
E se der bobeira, apago o lampião

É no escurinho que eu gosto
É no escurinho que eu passo
A mão esquerda por cima
E a mão direita por baixo

É no escurinho que eu gosto
É no escurinho que é bom
A madrugada inteira
Amor, amasso e paixão