Barraqueira
Teodoro e Sampaio

Por um acaso apareceu no meu caminho
Uma garota muito alegre e brincalhona
A danadinha é bonita e mandona
Fez minha vida sossegar da virazona

Se estou ausente liga no meu celular
Cheia de dengo me convida pra gandaia
Já me inturmei com gente da sua laia
Já que tô dentro não posso fugir da raia

É barraqueira mas eu sou um grude nela
Fala besteira mas eu sou xonado nela
Ela enche a cara mas eu gosto dela
Ela é briguenta mas eu não fico sem ela

É ciumenta, insinuante e sensual
Vestido curto, decotado e transparente
É sem juízo, liberal e inconsequente
Adora ouvir uma proposta indecente

Diz pras amigas que sou maluco por ela
Que bebo todas e brigo por causa dela
Que vou pro baile só prá encontrar com ela
Beber tequila com limão ao lado dela

É barraqueira mas eu sou um grude nela
Fala besteira mas eu sou xonado nela
Ela enche a cara mas eu gosto dela
Ela é briguenta mas eu não fico sem ela