Bate Martelo
Teodoro e Sampaio

Bate martelo, martelo bate
Bate sem pena, bate sem dó
Assim também bate meu coração
De dor e paixão vivendo tão só

Me lembro bem quando eu e ela
Fomos pra capela pedir ao Senhor
Que abençoasse a nossa união
A nossa paixão o nosso amor

Mas o destino igual um martelo
Sem piedade bateu sem parar
Meu coração hoje bate e chora
Ela foi embora e não vai voltar

Bate martelo, martelo bate
Bate sem pena, bate sem dó
Assim também bate meu coração
De dor e paixão vivendo tão só

Hoje sozinho aqui esquecido
Sentido perdido eu choro demais
Com as batidas do seu coração
Nessa solidão que falta me faz

E esse martelo que bate no peito
Fazendo o sujeito beber sem parar
Saudade mistura com a solidão
A dor da paixão ainda vai me matar

Bate martelo, martelo bate
Bate sem pena, bate sem dó
Assim também bate meu coração
De dor e paixão vivendo tão só

Assim também bate meu coração
De dor e paixão vivendo tão só