Carta Branca
Teodoro e Sampaio

Se em meu portão ela bater
Por favor, vá atender, diga apenas que saí.
Fale uma coisa qualquer
Mande embora essa mulher, se acaso ela insistir.

Diga que meu peito está fechado
Coração fez feriado, não vou abrir exceção -
Peça pra nem me ligar
Não vou mais me machuca, sei da sua intenção.

O portão da minha eu deixei escancarado
Ela entrava e saia sem ter o prazo marcado -
Mais agora decidi cortar o mal pela raiz
Vou tira-lhe a carta branca eu preciso ser feliz.