Casa da Alegria
Teodoro e Sampaio

É gente que vem, é gente que vai
É gente que entra, é gente que sai
Lá na casa da alegria
Ontem o trem Uai, sô é bom demais.

Eu conheço gente boa na casa da alegria
Balançando o esqueleto no meio de uma folia
No outro dia porém, escondo o fato do povo;
Vem o fim de semana e começa tudo de novo.

Mundo velho mudou tanto esta pertinho do fim
No caminho da igreja esta nascendo capim
Mas é grande o movimento na estrada da perdição
Lá na casa dos prazeres levanta poeira do chão.