Dodói De Amor
Teodoro e Sampaio

Estou sofrendo demais por essa mulher
Coração chora e reclama dentro do peito
Vou fazer loucuras de aças ela não me quer
Um homem apaixonado assim não pensa direito

Se eu a vejo com outro, eu enlouqueço
Fico de porre, perco a cabeça e faço ruaça
Essa paixão bandida me alucina
Eu passo a noite no bar da esquina
Enchendo a cara de cachaça

Eu tô dodói de amor, eu tô dodói
Essa paixão me pegou jeito e eu fiquei assim
Eu tô dodói de amor, eu tô dodói
Mulher ingrata não me maltrata, tem dó de mim

O povo está comentando a meu respeito
Nem por isso vou esquentar a minha moringa
Enquanto existir bar de esquina e paixão no peito
Eu vou curtir a minha fossa tomando pinga

Por causa dela eu amanheço tomando aço
Lá no pedaço já sou motivo de gozação
Bebo por dia duas garrafas pra consolar
Mas se a paixão por ela aumentar
Eu aumento a dose pra um garrafão