Dose De Amor
Teodoro e Sampaio

A claridade do dia estou vendo penetrar
Pela vidraça do quarto vejo o dia clarear
Realizei o meu sonho adormeci em seus braços
Passamos a noite juntos entre beijos e abraços.

Me pergunta se eu gostei
De ti eu gostei demais
Seu não voltar a te ver
Eu não vou viver em paz.
Deixei o champanhe no gelo
Que eu trago em buquê de flores
Que erro voltar aqui
Meu bem para repetir a nossa dose de amor.

Daqui a cinco minutos o relógio vai marcar
Sete horas da manhã, preciso me levantar;
Vou deixar meu telefone, se gostou da companhia
Telefone qualquer hora da noite, também do dia.