Mobylete
Teodoro e Sampaio

Bora nadar de mobilete? Tô fora
E se for de caminhonete? Só se for agora

Ralei demais pra dar a volta por cima
Por gostar de uma menina rica e interesseira
Ela passava na rua da minha casa
Sorria, me esnobava quase a semana inteira
Não tinha grana pra comprar nem um chevete
Comprei uma mobilete com o dinheiro que eu tinha
Fui pra balda sozinho mais uma vez
Não consegui convencer a danada da patricinha

Por algum tempo a gente se separou
A minha vida mudou quando entrei na faculdade
Por coincidência de novo eu encontrei
Aquilo que eu sonhei hoje virou realidade
Todos os dias encontro minha paixão
Hoje é outra situação, já posso focar com ela
Por esse amor valeu a pena lutar
E até lhe perguntar zuando com a cara dela