Na Hora do Amor
Teodoro e Sampaio

Eu peço carinho você me obedece
E quando me beija você me enlouquece
Na hora do amor você me devora
Você amiga, amante e senhora
Você me deseja a todo momento
E quando me abraça me assanha por dentro
Eu sou seu escravo deste amor bando
Eu sou seu amigo amante e marido.

Você é meu sangue correndo nas veias
Calor que aquece nas noites de inverno
Vivemos somente para o nosso amor
E o resto do mundo que vá pro inferno
Não somos casados, porem não importa
Não damos ouvidos ao que o povo diz
Eu quero que o mundo inteiro se dana
Pra mim só importa que você me ama
Sabemos que somos um casal feliz