O Garrafão
Teodoro e Sampaio

Ê saudade, ô paixão
Pra curar esta doença
Meu amor a recompensa
E o remédio é o garrafão

Esta noite vou sair
Sem destino de chegada
Procurar até achar
Notícias da minha amada
Que partiu e me deixou
Sem me dar explicação
Quero encontrá-la depressa
Pra acalmar meu coração o


Se acaso não encontrá-la
Já posso prever meu fim
Pois viver sem teu amor
Nada tem graça pra mim
Meu coração tá doendo
Doendo de fazer dó
Nesta casa eu não agüento
Nem mais um minuto só