Só a Cabecinha
Teodoro e Sampaio

Eu gosto de rodeio e de forró,
Sou um cara da noitada, maluco por bailão.
E eu casei com uma mulher ciumenta,
Assim ninguém aguenta é só barraco e confusão.
Do lado de casa, num terreno abandonado,
Um sujeito endinheirado abriu ali bailão
Abro a janela, quero ficar expiando
E a mulher vem reclamando, logo falando que não.

Mas deixa eu por a cabecinha amor, só a cabecinha.
Você me empurra de volta, vou correndo lá na porta,
Mas o baile eu vou expiar
Mas deixa eu por a cabecinha amor, só a cabecinha.
Você vem me empurrando, mas no fundo ta gostando,
Ta doidinha pra deixar!

De madrugada, ela estava dormindo
Aproveitei e levantei e fui olhar
Devagarinho a janela eu fui abrindo
Mas ela tava fingindo, querendo me pegar.
O sanfoneiro então mandou um vanerão
Eu que gosto de bailão fui correndo admirar
Abri a janela pra poder ficar olhando
Ela veio me empurrando: Põe a cabeça pra lá!

Mas deixa eu por a cabecinha amor, só a cabecinha.
Você me empurra de volta, vou correndo lá na porta,
Mas o baile eu vou expiar...
Mas deixa eu por a cabecinha amor, só a cabecinha.
Você vem me empurrando
Mas no fundo ta gostando, ta doidinha pra deixar

De madrugada, ela estava dormindo
Aproveitei e levantei e fui olhar
Devagarinho a janela eu fui abrindo
Mas ela tava fingindo, querendo me pegar
O sanfoneiro então mandou um vanerão
Eu que gosto de bailão fui correndo admirar
Abri a janela pra poder ficar olhando
Ela veio me empurrando: Põe a cabeça pra lá!

Mas deixa eu por a cabecinha amor, só a cabecinha.
Você me empurra de volta, vou correndo lá na porta,
Mas o baile eu vou expiar...
Mas deixa eu por a cabecinha amor, só a cabecinha.
Você vem me empurrando
Mas no fundo ta gostando, ta doidinha pra deixar
Só a cabecinha, deixa eu colocar
Cabecinha na janela pro baile eu espiar.
Só a cabecinha, deixa eu colocar
Cabecinha na janela que o baile vou espiar!