Vai Tomando Cuba
Teodoro e Sampaio

Fui numa festa na casa do Zé
Tinha arrasta pé e um sanfoneiro bom
A meia-noite a cerveja acabou
E já começou uma baita confusão
Boca de litro ali não faltava
O povo reclamava assim tá ruim
E o pobre Zé todo apavorado
Pro seus convidados foi dizendo assim
Só temos Cuba a cerveja acabou
E o Teodoro e Sampaio foi buscar pra mim

Vai tomando Cuba, vai tomando Cuba
Vai tomando Cuba outra coisa não tem
Vai tomando Cuba, vai tomando Cuba
Vai tomando Cuba que a cerveja vem

Assim foi o baile a noite inteira
E uma bebedeira tão desenfreada
Dançava véio com moça solteira
E a rapaziada com mulher casada
Até o Zé que era um forrozeiro
Chamou o sanfoneiro e foi dizendo assim
Estou gostando da animação
Aproveite então e toca uma pra mim
O sanfoneiro não compreendeu
E se ofendeu e foi dizendo assim

Vai tomando Cuba, vai tomando Cuba
Vai tomando Cuba outra coisa não tem
Vai tomando Cuba, vai tomando Cuba
Vai tomando Cuba que a cerveja vem