Centro Vazio
Tetê Espíndola

Estou aqui com vocês proseando
Nessa aurora
Cantarolando formosas canções
De peito aberto
No coração, sossegada presença
Do campo aberto e cerrado de lá

Entardecer nas chapadas
Grande silêncio invade a alma
Ao perceber tanta água brotando
Se transformando em sons cristalinos

A escorrer neste centro vazio
Onde existe puro ar pra cantar