Coração Doidinho
Tetê Espíndola

Vai, meu coração pulando como um "ai" (ih ih ah)
Mas, o seu trajeto nunca volta atrás (mania)
Ele não conhece, sempre esquece a vez (que um dia)
Vai, passando, passeando pelo cais da linda canção
Que não basta neste coração, uh uh!
Tão doidinho de viver, sonhar, ai ai!
Aonde vai dar? Ah!

Ora, viva! Ora, vejam só!
Ora, viva! Ora, vejam só!
Ora, viva!
É o amor, é o amor, é o amor...