Povo de Beira Rio
Tetê Espíndola

Povo de beira rio
Vive de pé no chão
Chão de aguapé e canoa
Terra no coração

Águas que vem e vão
Trazem canto de ema
Piracema venha
Tempestade não

Pedido de beira rio
Chora chora rio
Ora rio na canção
Perdido a beira rio
Espelho do céu no chão
Brilho de toda esse gente
Outra civilização
Vem descendo a corrente
Venha gente, venha.