Trigo do Amor
Tetê Espíndola

Quando o passarinho pousa dentro do seu ninho
Trazendo ciscos e mais ciscos de carinho
Demonstra e prova que alimenta um amor
E assim voando alto se lançando pelo espaço
Correndo risco e mais riscos sem cansaço
Na busca intensa ele avista o campo em flor
E ao chegar trás no bico um galhinho trigo do amor
Cantará e de encanto o mundo em volta se transformará