Vulgar
Tetê Espíndola

Solta na noite tão segura e sensual
Meia de rede, bota branca e batom
Homens nos bares seus olhares vão atrás
Que mulher, mas que avião
Passa só na multidão que poder tão vulgar
Cruza a São João e vai, vulgar
Demais, vulgar.