Fundanga
Tião Carreiro e Pardinho

Bota fogo na fundanga tira este mal de mim
Fumaça benta que sobe traz meu amor pra mim
Bota fogo na fundanga tira este mal de mim
Fumaça benta que sobe traz meu amor pra mim

Um dia desse eu briguei com a minha namorada
Tem gente queimando vela pra roubar a minha amada
Feiticeiro trabalhou até alta madrugada
Encontrei o seu lencinho jogado na encruzilhada.

Coitadinha sofre tanto não me esquece um só momento
Se eu perder os seus carinhos vai dobrar meu sofrimento
Feiticeiros quem ver o fim do nosso casamento
Sofre eu sofre e sofre ela é grande o padecimento.

Bota fogo na fundanga tira este mal de mim
Fumaça benta que sobe traz meu amor pra mim
Bota fogo na fundanga tira este mal de mim
Fumaça benta que sobe traz meu amor pra mim

Qualquer dia vou baixar naquela famosa aldeia
Quero dar tanta pancada que os caboclos desnorteia
E o bando de feiticeiro eu vou dar de correia
Depois quero que a polícia leve todos pra cadeia

Essa luta eu não perco vou com Deus no coração
Tenho fé no meu São Jorge pai Canário e Pai João
Vou tirar o meu amor dessa grande confusão
E colocar aliança no dedo da sua mão