Samb'água
Tijuquera

Nesse mundo enquanto eu tento
- não sei quanto nem se devo -
O que passa, passa correndo
Então...
Eu prefiro olhar pro mar

Pro puro verde dissonante
Das ondas verdes do mar
Pro corpo liqüido crescente
Das ondas verdes do mar
Na areia um brilho de brilhante
Onde a água vem descansar

E nada não
Fara mudar a viagem
Desvairada do planeta
Por isso é
Que eu creio nesse louco
Movimento da maré

Nesse mundo, nessa maré
Brincadeira d'água
Samb'água