Sinhazinha
Tijuquera

Sinhá, sinhazinha
Me empresta o teu facão
Pra quebrar casal de escravos
Lágrimas de barro
Caveira de mamão
Assustaste o meu baião

Cacumbi
Amanheceu em carnaval

Sinhá, sinhazinha
Me empresta o teu facão