Avião das Nove
Trio Parada Dura

Já comprei passagem para ir embora
Só me resta agora apertar-te a mão
Se já me trocastes por um outro alguém
Já não me convém ficar aqui mais não
Levo comigo deste amor desfeito
Solidão, despeito e cruel desgosto
No avião das nove partirei chorando
Por deixar quem amo nos braços de outro
Ao chorar lhe darei meu adeus
Porém juro por Deus que não quero piedade
Se o pranto de quem mais te quis te faz muito feliz
Faça tudo à vontade
E ao ver o avião subir, no espaço sumir
Não vai chorar também
Deixe que eu choro sozinho
A dor dos espinhos que a vida tem