Conto do Vigário
Trio Parada Dura

Que te falta mulher que te falta
Para andar com a cara amarrada
Fez carinho abrigo e pão
E por mim sempre fostes amparada

Eu sou pobre porém sou um homem
Que me esforço pra ver-te feliz
E em troca eu recebo desprezo
Me deixando cruel cicatriz

Se a vida em um lar de pobre
Para ti nunca teve valor
Vá agora tratar do divórcio
Liberdade total eu lhe dou

Casamento nao prende ninguém
Não obriga ninguém ser otário
Se pra um ele é loteria
Para mim foi conto do vigário