O Pavio
Trio Parada Dura

A mulher largou de mim, foi morar com o Serafim
E ainda me critica
Diz que eu tenho uma soneira
Deito e ronco a noite inteira
Parecendo uma cuíca
Diz que quando me abraçava, eu roncava e apitava
Parecendo um navio
É que ela é uma baleia e beijo de mulher feia
Não acende o meu pavio

Eu fingia que dormia
Eu fingia que dormia
E roncava fino e grosso
Pra escapar da assombração
Que alisava o meu pescoço

E de repente ela dizia
É melhor eu desistir
Porcaria de pavio, vai pra puta que pariu
Deixa essa praga dormir

Se a mulher é um avião
qualquer um é garanhão
Faz bonito e dá olé
Sendo feia igual à ela
Garanhão bate biela
E o pavio não para em pé
Ela nunca admite
Mas feiura tem limite
Não precisava ser tanta
O cara que tomou posse
Vai ver o que é bom pra tosse
Debaixo daquela anta

Eu fingia que dormia
Eu fingia que dormia
E roncava fino e grosso
Pra escapar da assombração
Que alisava o meu pescoço

E de repente ela dizia
É melhor eu desistir
Porcaria de pavio, vai pra puta que pariu
Deixa essa praga dormir