Vida do Avesso
Trio Parada Dura

Quisera eu ser adivinho
Pra neste momento
Saber o que está se passando
Por sua cabeça
Mas como eu não tenho poderes
Pra ler pensamentos
Na duvida meu coração
Quem sabe até te esqueça

Não sei definir se você
É meu bem ou meu mal
Só sei que estou sempre envolvido
Em sua vida
Briga, xinga me pisa
E acha normal
Não sei se te chamo de amor
Ou te chamo bandida

Confesso que a minha vida
Está do avesso
Quero te esquecer
Porém não te esqueço
Gostar de você
Tornou-se meu vício
Mas vou brigar com a paixão
E vou deixar você
Embora sofrendo
Vou te esquecer
Pelo seu amor
Não vale um sacrifício.