Exu do Lodo
Umbanda

Ele é Exu, ele é das almas
A terra treme o couro come

Chegou o lodo da calunga
O batão,palmas para este homem

Eu muitas vezes fui curado
Por este exu trabalhador

Saldei o lodo na calunga
Eu saravei meu defensor