Homem das Ruas Zé Pelintra
Umbanda

Ai meu Deus
Minha sina é ser partideiro
Ai meu Deus
Iluminai o meu terreiro

Quando o clarão da lua
Ilumina a madrugada
E ai
Ooo ai
Eu faço das ruas
Minha eterna morada

Se eu fumar um
Se uma rapa com a rapaziada
Tomar uma cerveja bem gelada
Até raiar o sol

Porque sou homem das ruas
Filho da noite estrelada
Não sou de uma mulher só
Toda mulher é minha amada

Porque sou homem das ruas
Filho da noite estrelada
Não sou de uma mulher só
Toda mulher é minha amada