Ponto de Cigana II
Umbanda

Veja meu destino, oh! cigana!
Quero ser feliz!
Por onde passas
Sempre semeia raiz. (2x)

Eu caminhava na estrada
Sem saber aonde ir.
Me deparei com uma moça
Que firme olhou para mim.
Com seu vestido de lenço
E seu baralho na mão
Me disse que era cigana
E ia ler a minha mão.

Veja meu destino, oh! cigana!
Quero ser feliz!
Por onde passas
Sempre semeia raiz. (2x)

Ao ver as linhas cruzadas
Na palma da minha mão,
Ela mostrou meu caminho
E me deu a sua proteção.
Hoje me encontro feliz
Dentro da religião.
Eu sou um filho de Umbanda;
Tenho paz no coração.

Veja meu destino, oh! cigana!
Quero ser feliz!
Por onde passas
Sempre semeia raiz. (3x)