Vem Pra Cá
Vanilda Bordieri

Eu sei que não é fácil estar do outro lado
Trancado por cadeias e cadeados
Correntes que te prendem, e te fazem chorar
Mas posso ver hoje o meu Deus destruindo
Os muros de aflições, cadeias estão se abrindo
Você não vai morrer assim

Posso ouvir o barulho das portas se abrindo
Cadeias que te prendem hoje estão caindo
O peso que te segurava não existe mais
Eu posso ver pela fé Deus te levantando
A tua vida está transformando
Está te dando liberdade
Vem pra cá

Vem pra cá
Caminhe e deixe todo o sofrimento de lado
Correntes, cadeados já foram quebrados
Hoje Deus te levanta para adorar
Vem pra cá
Pois o Deus que te chama te garante a benção
Se o teu coração morreu nessa prisão
Hoje Deus ressuscita o teu coração

Caminhe livremente por esta cidade
Eu mudo o decreto, eu te dou liberdade
Vem conhecer de perto o meu agir, o meu poder
A pedra que te impede hoje eu despedaço
As tuas forças eu renovo, eu refaço
A tua vida eu tiro desse abismo, dessa prisão!
Vem, sou o Deus que te liberta, pode adorar!
Eu mesmo te chamo, filho, vem pra cá
A tua vida hoje, eu quero e posso transformar
Vem pra cá

Vem pra cá, caminhe
Vem pra cá, caminhe

Hoje Deus ressuscita o teu coração
Vem pra cá

Vem pro lado daquele que pode te ajudar
Vem pro lado de Jesus, vem pra cá! Oh gloria