Alerta
Xuxa

Era uma vez um menino
Livre, levado e contente
Até que um dia
Nas mãos do destino
Aquela alegria
Se foi de repente
No seu olhar tão distante
Um brilho bem diferente
E o seu sorriso
Que era tão claro
Ficou mais raro pra gente

Pra se viajar por todo o planeta
Basta só levar caderno e caneta
Sonhar o que a gente deseja
Detendo esse tempo veloz
Por isso onde quer que ele esteja
Há de ouvir nossa voz gritando

Droga, droga, droga, que droga:
A gente não precisa dela
Pra encontrar a saída
Droga, droga, droga, que droga
A gente não precisa dela
Eu amo a vida