Croc Croc
Xuxa

Croc-croc, croc-croc
O sapo pula pula
Entrou lá na minha casa
Da porta da cozinha
Foi atrás da criançada
Vovó soltou um grito,
Pois estava bem deitada
O sapo deu um salto
Bem em cima da almofada
Pula, pula, pula
Pula e faz firula
O sapinho lá de casa
Pula, pula, pula, pula
Croc, croc, mas que sapinho feio
Pisca o olho sem parar
Croc-croc, croc-croc
Que baita confusão foi me arrumar
O sapo pula pula
Só queria brincadeira
Quando ele entrou no quarto
Tocou fogo na fogueira
Mamãe caiu da cama
E a titia da janela
E o sapo pula pula
Pulou na peruca dela.