Duendes
Xuxa

Duende
Duende
Vem da floresta
Do centro da mata
Do ventre da rosa
Do verso cantado

Do vento das folhas
Do mundo das flores
Do colo do baby
Do planeta amado

Duende
Duende
Magô

É humura murali
Da selva da cor do mar
Nhafo
Nhãbi, nhãbi
Hu, hum, hum, hum, hum, hum, hum, hum