Isso É Lá Com o Santo Antônio
Xuxa

Eu pedi numa oração
Ao querido São João
Que me desse um matrimônio
São João disse que não
São João disse que não
Isto é lá com Santo Antônio

Eu pedi numa oração
Ao querido São João
Que me desse um matrimônio
Matrimônio, matrimônio
Isto é lá com Santo Antônio
Implorei a São João
Desse ao menos um cartão
Que eu levava a Santo Antônio
São João ficou zangado
São João só dá cartão
Com direito a batizado

Implorei a São João
Desse ao menos um cartão
Que eu levava a Santo Antônio
Matrimônio, matrimônio
Isto é lá com Santo Antônio

São João não me atendendo
A São Pedro fui correndo
Nos portões do paraíso
Disse o velho num sorriso
Minha gente eu sou chaveiro
Nunca fui casamenteiro

São João não me entendendo
A São Pedro fui correndo
Nos portões do paraíso
Matrimônio, matrimônio
Isto é lá com Santo Antônio

Pedro, Antônio e João
(Benedito Lacerda e Oswaldo Santiago)

Com a filha de João
Antônio ia se casar
Mas Pedro fugiu com a noiva
Na hora de ir para o altar

A fogueira está queimando
E um balão está subindo
Antônio estava chorando
E Pedro estava fugindo
E no fim dessa história
Ao apagar-se a fogueira
João consolava Antônio
Que caiu na bebedeira

Com a filha de João
Antônio ia se casar
Mas Pedro fugiu com a noiva
Na hora de ir para o altar

E no fim dessa história
Ao apagar-se a fogueira
João consolava Antônio
Que caiu na bebedeira

Pula Fogueira
(João Bastos Filho e Getúlio Marinho)

Pula a fogueira, yayá
Pula a fogueira, yoyô
Cuidado para não se queimar
Olha que a fogueira
Já queimou o meu amor

Nesta noite de festança,
Todos caem na dança,
Alegrando o coração...
Foguetes, cantos e troça,
Na cidade e na roça,
Em louvor a São João

Nesta noite de folguedo
Todos brincam sem medo
A soltar seu pistolão
Morena flor do sertão
Quero saber se tú és
Dona o meu coração