Ah Eugênio!
Zeca Baleiro

Eugênio, conheço eu gênio
Seu remédio é controlado
Para com essa vaidade mequetrefe
Esquece o iPhone meu filho apague esta selfie

Eugênio, não toque no arsênico
O seu truque é manjado eu já saquei
Olhe que essa foto pode ir para no Face
E essa sua pose, já viu vai pro space

Uma amizade sincera tem que se considerar
Um bom amigo, tá difícil de encontrar
Sempre tive por você o melhor carinho
Pisa de mansinho que é pra não me machucar
Se rola a gente junta os caquinhos devagar
Eugênio, não pode desesperar!