O Relabucho
Zeca Baleiro

Aproveita o relabucho Maricota venha cá
Eu relo, você rela, tu rela eu torno a relar
Aproveita o relabucho Maricota venha cá
Eu relo, você rela, tu rela eu torno a relar

Chega pra cá, não precisa acanhamento
Quero seu consentimento, vamos vadiar
Já começo a me lembrar do tempo que eu era moço
Bote a mão no meu pescoço deixa o povo cochichar

Aproveita o relabucho Maricota venha cá
Eu relo, você rela, tu rela eu torno a relar
Aproveita o relabucho Maricota venha cá
Eu relo, você rela, tu rela eu torno a relar

Faça de conta que aqui não tem ninguém
Eu vou, você vem, mas não saia do lugar
Anda maricota que o tempo tá passando
Todo mundo tá relando, você fica sem relar

Aproveita o relabucho Maricota venha cá
Eu relo, você rela, tu rela eu torno a relar
Aproveita o relabucho Maricota venha cá
Eu relo, você rela, tu rela eu torno a relar

Preciso lhe adular, venha logo meu benzinho
Espia aquele velhinho, já começou a relar
Diz ele maracujá só é bom quando está murcho
Eu entro no relabucho, só deixo quando relar

Aproveita o relabucho Maricota venha cá
Eu relo, você rela, tu rela eu torno a relar
Aproveita o relabucho Maricota venha cá
Eu relo, você rela, tu rela eu torno a relar