Não Foi Ela
Zeca Pagodinho

Não foi ela
Foi a saudade que bateu
Foi aquela
Velha emoção que renasceu
Foi a vida e seus muitos enganos
Que depois de tantos anos
Fez ela se dignar me procurar
Foi o rio
Sempre correndo para o mar
Foi o frio
Que fez seu corpo arrepiar
Na saudade das noites de outrora
Onde o vento lá de fora
Aqui dentro é o calor (de um grande amor)
Só agora é que teve a certeza
Que entre receita e despeza
O saldo foi devedor
Só agora é que teve a certeza
Que entre receita e despeza
O saldo foi devedor
Nunca se deve pesar
Com a mesma medida
Dois pesos de vida desiguais
Muito melhor é lutar
Do que viver deitado
Num berço dourado
Na mais santa paz
Foi por isso que ela agora
Sentindo o frio lá fora
Bateu na minha janela
Sem saber que a vida incerta
Conservou minha porta aberta
Sempre esperando por ela
Sem saber que a vida incerta
Concervou minha porta aberta
Sempre esperando por ela