Salve Este Mundo, Menino
Zeca Pagodinho

Eu não tenho nada!
Eu não tenho nada, que alguém possa levar
Eu só tenho a lua e a rua pra morar
Quem me ensinou os traquejos da vida
Me disse que a dor não era tão doída
Se a gente soubesse onde vai acabar

Quem brinca com fogo se queima de fato
Quem vai na corrida de ganso é pato
Cantar de sereia é lenda de pescador
Os anseios da humanidade
O futuro que tem a mocidade
O perfume que exala o cheiro da flor

Salve este mundo, menino
Com o seu coração pequenino
Lhe dou um ensino
Lhe dou um destino

Sou seu peregrino e também professor

Pra sorrir, pra reflorir... extravasar esta dor

Andorinha voou e anunciou
Uma estrela do norte aqui passou
Trazendo alegria, trazendo bonança
E muita esperança pro nosso Brasil