Trem da Alegria
Zeca Pagodinho

É com toda essa gente
Que eu quero lutar
Eu quero ir sempre em frente
Meu Deus eu não posso voltar
A tristeza chegou
E de mim abusou
Levando a calma
Me jogou pro caminho
Onde tinha espinho
E feriram minha alma
E agora contente
Do rio pro mar
Quero gravar na mente
O amor de quem sente
Prazer de amar
Eu quero ver de novo
Na voz do meu povo
Que traz tanto suor
A esperança vadia
De ter algum dia
Uma vida melhor
Quero ver o tantan
Na mão de um bambam
Na cadência solente
Quero ser só folia
No trem da alegria
Eu quero ser pingente