Correntes
Zezé Di Camargo e Luciano

Ah, esse luar que clareia
Essa brisa que me toca
Ouço os sinos badalar
E uma cantiga vem de longe
Quando o eco me esconde
Tudo por telepatia

De emoção e arrepiado
Fico meio embaraçado
Tento me aproximar
É que a timidez então me impede
E assim as pernas bambeiam
Não consigo caminhar

Sinto a pancada no meu peito
Ninguém toma providência
Pra tirar minha agonia
Preso nas correntes da saudade
E envolto de vontade
De estar perto de você - bis

De emoção e arrepiado
Fico meio embaraçado
Tento me aproximar
É que a timidez então me impede
E assim as pernas bambeiam
Não consigo caminhar

Sinto a pancada no meu peito
Ninguém toma providência
Pra tirar minha agonia
Preso nas correntes da saudade
E envolto de vontade
De estar perto de você - bis