Frio Na Primavera (part. Fagner)
Zezé Di Camargo e Luciano

Você me tocou, eu topei e fizemos nosso amor com tanta pressa
Ninguém disse adeus, acabou
Não marcamos novo encontro nem fizemos nenhuma promessa
Tô agora olhando pro relógio
E o silencio sem você me desespera
Tô aqui sentindo muito frio na primavera
Já faz muito tempo, eu tentei
Procurei mais uma vez te encontrar
E nada de você, meu amor
Ninguém te viu, ninguém te vê
E meu coração não para de pensar
Todo dia eu olho pro relógio e a saudade é uma fera
Tô aqui sentindo muito frio na primavera
Se alguém souber, me diga o que faço
Para dormir e acordar mais uma vez no seu abraço
E ficar a vida inteira dentro dele dividindo meu cansaço
Quem me dera
Tô aqui sentindo frio na primavera